terça-feira, abril 24, 2007

25 de Abril

Grândola, vila morena
Terra da fraternidade
O povo é quem mais ordena
Dentro de ti, ó cidade

Dentro de ti, ó cidade
O povo é quem mais ordena
Terra da fraternidade
Grândola, vila morena

Em cada esquina um amigo
Em cada rosto igualdade
Grândola, vila morena
Terra da fraternidade

Terra da fraternidade
Grândola, vila morena
Em cada rosto igualdade
O povo é quem mais ordena

À sombra duma azinheira
Que já não sabia a idade
Jurei ter por companheira
Grândola a tua vontade

Grândola a tua vontade
Jurei ter por companheira
À sombra duma azinheira
Que já não sabia a idade
Foi ao som desta música do saudoso Zeca Afonso que, no dia 25 de Abril de 1974, se iniciou o mais bonito momento da História deste País.
VIVA O 25 DE ABRIL!
VIVA A LIBERDADE!

quinta-feira, abril 19, 2007

P/B


Casa da Guarda e Torre do Relógio

quarta-feira, abril 11, 2007

quarta-feira, abril 04, 2007

Rua da Calçada

A Rua da Calçada constitui actualmente a Rua Condessa de Valenças, existindo ainda um pequeno troço, junto á G.N.R., que mantém o antigo nome de rua da Calçada. Aqui a rua é em escadas e possui uma porta gótica entaipada numa das suas paredes.












Já existia no século XV, devendo o seu nome, certamente, ao facto de ter sido uma das primeiras ruas da vila a possuir calçada. Este melhoramento deve ter sido mais necessário devido ao seu acentuado declive.




Deveria constituir na Idade Média e tal como actualmente a principal ligação entre o Castelo e o arrabalde






Aldraba Futurista


No Edifício da Rua Condessa de Valença, junto à Torre do Relógio no Castelo

segunda-feira, abril 02, 2007

domingo, abril 01, 2007